Scroll To Top

Filmes do Homem

filmesdohomem

Filmes do Homem 2017

EM AGOSTO
O MUNDO EM MELGAÇO

A quarta edição de FILMES DO HOMEM selecionou 15 longas-metragens e nove curtas e médias metragens candidatas ao prémio Jean Loup Passek, que mostram o ponto de vista dos autores sobre aspetos relacionados com questões sociais, individuais, culturais ou de identidade. O júri desta edição é constituído pelo cineclubista André de Oliveira e Sousa, pelas realizadoras Graça Castanheira e Iris Zaki, esta última foi vencedora do prémio Jean Loup Passek para melhor curta-metragem na edição do ano passado, pelo produtor e realizador Rodrigo Areias e pelo jornalista e programador brasileiro Sérgio Rizzo.

Os filmes serão projetados em sessões gratuitas na Casa da Cultura e haverá sessões ao ar livre nas freguesias de Cristóval, Castro Laboreiro e Alvaredo, e nas localidades de Arbo e de Padrenda, na Galiza.

Como nos anos anteriores realiza-se, de 1 a 6 de Agosto, o curso de verão FORA DE CAMPO, centrando-se em Cinema, Narrativas e Lugares de Memória, coordenado pelo professor José da Silva Ribeiro, e a residência cinematográfica e fotográfica PLANO FRONTAL, orientada pelo realizador Pedro Sena Nunes. Este ano serão estreados os quatros documentários e os projetos fotográficos realizados em 2016.

De destacar nesta edição, durante o dia 4 de Agosto, o KINO MEETING - Encontro Internacional de Serviços Educativos de Cinema, com a presença de várias instituições internacionais, como as Cinematecas Alemã e Portuguesa, o Museu Nacional de Cinema Italiano, a Filmoteca da Catalunha, os Cineclubes de Viseu e Faro, a Casa Museu de Vilar e o Festival de Cinema de Animação Cinanima, com o objetivo de dar a conhecer o trabalho que têm desenvolvido na educação para o cinema

Nos dias 4 e 5 de agosto, FILMES DO HOMEM vai acolher pela primeira vez, os III ENCONTROS ARRAIANOS DE CINEMA, iniciativa que pretende fomentar a criação de redes de colaboração entre Cineclubes e Festivais de Cinema da raia Portugal/Espanha, promover e divulgar o cinema raiano e estimular o diálogo cultural e institucional entre fronteiras.
Esta iniciativa contará com a realização de dois eventos: o Encontro Arraiano de Cinema na Casa da Cultura de Melgaço, no dia 4 de agosto, que pretende reunir os representantes de cineclubes, festivais de cinema e universidades para o fomento de redes de colaboração; e a apresentação do livro “Arraiano entre os Arraianos”, de Xosé Luís Méndez Ferrín, no dia 5 de agosto, por Aser Álvarez

O Museu de Cinema de Melgaço Jean Loup Passek inaugura a exposição A Idade de Ouro do Cartaz de Cinema Polaco, comissariada por Bernard Despomadères, e a Casa da Cultura mostra a exposição de fotografia Festa, de João Gigante, uma produção de FILMES DO HOMEM sobre as festas tradicionais de Castro Laboreiro.

Durante o fim-de-semana de 5 e 6 de Agosto convidamos os interessados para um “Salto a Melgaço”, para participarem numa programação que junta a projeção de documentários à inauguração de exposições, a debates e ao convívio.

Em agosto, dê o salto a Melgaço.